terça-feira, 9 de outubro de 2012

Conselho #1

Qual é o preço da solidão ? De onde vem essa danada ? Afinal o que é solidão a mesma que faz algumas pessoas a querer tanto e banalizar o sentido de manter um relacionamento , como se fosse a coisa mais importante de suas vidas? Se nascemos só, crescemos (de certa forma sós) e morremos sozinhos, então de onde veio este porquê homicida de querer ter alguém ? E nem sempre este alguém é o alguém que
nos faz ou quer bem, estando apenas afim de algo mais carnal. Sabe-se que há mulheres (e homens) que curtem mais o ato sexual em si que a idéia romântica de um relacionamento.
Além do mais, manter um relacionamento é muito complicado, nao se tem aula previamente disso, é um degrau que tem-se ser construído gradativamente onde o casal sobe junto a escada construída, caso isto nao ocorra desgastes sao inevitáveis .
Por outro lado, nao vá esperando que apenas ter assuntos em comum é o suficiente, lembre-se nunca é suficiente.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Abraço.

Abraço.
Estranho, eu gosto de abraços.
Odeio pessoas.
Odeio hipocrisia.
Amo mentiras verdadeiras,
vulgo elogios.

Abraço.
Estranho, sem graça fico.
Não sei qual é a hora de soltar.
Odeio falsidade.
Odeio amizades perdidas.
Amo chocolate.

Bochechas,
Estranho, odeio que apertem
Odeio ficar sem graça.
Odeio ficar sem ação.
Amo ninguém 

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Amor... Amor...

Bom pessoal, como sempre escrevi uma muralha... tentei fazer algo compacto mas não deu. Confesso que me perdi pois tive que parar diversas vezes para resolver problemas logo acabei mudando a lógica do texto. Peço mil desculpas caso ele esteja realmente confuso, mas a preguiça é tanta para consertar que deixei na maneira que tá.
Ah! o amor, amar é um verbo que está ausente em minha respiração. C...omo é possível? Afinal o amor está inconvenientemente presente em tudo, como a música "Funny how love is" (engraçado como o amor é) do genial Freddie Mercury onde diz que é engraçado como o amor está em toda parte, basta olhar pra ver! Não satisfeito esse maldito está em qualquer lugar em que você for... E na tentativa de fugir da realidade solitária escutará música mas... lembre-se o amor está presente em cada canção, em toda tecla...

Nunca foi tão notória a quantidade de jovens reclamando de uma solidão na qual atrevessam suas adolescencias sem um amor reciproco, consumido. Há nada de incrível nisso afinal co-existem vários fatores para isso ocorrer, o primeiro é a hipocrisia, várias vezes é idealizado um ser cuja beleza é apenas vista em pouquíssimas pessoas e que naturalmente já tem seu par ou é tão artificial com o abuso desses editores e maquiagens auxiliam a esconder as diversas "imperfeições" faciais ( que algumas são até charmosas) causando esse mal estar todo.

Posso perder um bom tempo descrevendo os outros fatores que causam essa solidão crônica nessa geração, porém não quero me prender a este detalhe que todos estão cansados de saber. Porém quero deixar explicito uma variável: Não importa o quanto você tente fugir pois o amor está vindo pra casa a tempo pro chá!

Alguns podem realmente acreditar que o amor é a solução de tudo afinal com ele é o fim das mentiras (quando a verdade começa) e o amanhã vem, o amanhã traz, o amanhã modela... e esse vírus vem infectando os desavisados desde Adão e Eva... É engraçado como o amor está ficando frenético, sentindo-se livre... com filosofias destorcidas: "eu sou de ninguém, eu sou de todo mundo e todo mundo é meu também... "ou "beija 20 na balada mas paga de coração partido..."

Enquanto houver este paradoxo a insanidade sorri, e nos perguntamos: Por que não podemos dar ao amor mais uma chance? Pois o amor é uma palavra tão fora de moda e o amor te desafia a se importar com as pessoas no limite da noite e ele faz mudar nosso modo de nos preocupar com nós mesmos. Portanto não importa o que você faça o amor está em todo lugar se é amor que você quer fazer, faça. Se não quer, vá pentear macacos!

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Um Brinde aos idiotas que gostamos.



Observo que alguns valores foram ignorados como a amizade que cada vez mais está sendo banalizada, abaixo segue um texto que eu criei sobre amizade.


 Odeio que se preocupem comigo, algumas pessoas dariam tudo para estar no meu lugar por ter alguém que realmente se preocupe com você, que talvez ficasse sem dormir por você, que ficasse pensando em diversas maneiras para te ajudar.
Não,isso não é amar como pensamos erroneamente a esperar por pessoas que futuramente poderia formar um casal, par, namorados e suas variações.
Isso que devemos esperar numa amizade sincera entre pessoas independente do sexo delas. Afinal amigo em algumas crenças quer dizer “idiota” pois é aquele idiota que quer o seu bem, é aquele idiota que você conta suas aventuras, suas vitórias, suas derrotas, seus desejos, seus medos… e escuta também as dele como fosse a coisa mais importante do mundo.
Muitas vezes colocamos o adjetivo “Melhor” na frente da palavra Amigo, ou seja Melhor Idiota. Esse sabe de detalhes que até sua mãe desconhece, é alvo constante de suas piadas, de sua ira quando algo dar de errado… é ele que tenta te acalmar e muitas vezes recebe espinhos em troca mas isso no calor do momento porque depois estão se falando novamente.
Este melhor Idiota, não sente ciume se por acaso fizer uma outra pessoa de trouxa quero dizer amiga. Ele sabe que o lugar dele está guardado e ninguém tira. A vantagem que o Amigo,quando de verdade, tem sobre o Namorado é que eles podem ser passageiros, e o amigo não.
Portanto não entendo por que as pessoas correm tanto atrás de um amor pensando que é a solução de todos os problemas, as vezes inexistentes, quando pode ser o começo de todos eles, ou o aumento deles… Afinal atualmente amar está tão banal quanto ir ao banheiro e defecar, desculpe o exemplo asqueroso mas é a nojenta verdade.
Tratam pessoas como objeto, saem beijando milhares de bocas para apenas o seu bel-prazer importa. Para depois pagar de coração partido, falar que a vida é injusta, porém não podemos esquecer daqueles que realmente sofrem por amor, sofrem por querer amar alguém e serem amados, mas ninguém dar a devida chance… para concluir este texto que está ficando demasiadamente longo não perca o seu tempo com quem não lhe mereça, não chore por amor, não sofra, passe o seu tempo perturbando o seu Melhor idiota, digo amigo. É mais produtivo.

(Beatriz Araujo, vulgo Lumie Phoenix)

Originalmente postado no meu outro blog: Fatos Ignorados.